Transfer Laser e Sublimação: Entenda as diferenças e por onde começar...
Televendas (51) 3496-3555
Você está aqui >Home / SUBLIMAÇÃO /

TRANSFER LASER X SUBLIMAÇÃO: ENTENDA AS DIFERENÇAS E SAIBA ESCOLHER QUAL SERÁ O MELHOR PARA VOCÊ INICIAR

novembro 6, 2016 @ 9:29 pm
Autor: Julio
PARA TOMAR A DECISÃO CERTA NO MOMENTO DE ESCOLHER OS PRODUTOS E O MERCADO EM QUE VAI ATUAR, VOCÊ PRECISA ENTENDER ALGUMAS DIFEREÇAS ENTRE OS PROCESSOS DE PERSONALIZAÇÃO
Diferenças entre Transfer Laser e Sublimação

Existem muitas dúvidas quando se fala em transfer laser, principalmente pelas pessoas que estão tendo o seu primeiro contato com informações sobre personalização de produtos e ainda não sabem praticamente nada.

Uma confusão muito grande se forma em suas cabeças porque a palavra “transfer” genericamente é adotada em todas as técnicas, afinal as imagens são transferidas do papel para o produto.

E existe uma chance muito grande de você que está lendo este artigo agora, ainda não ter os fatos bem definidos em sua mente.

O que você precisa  para esclarecer e não deixar sombra de dúvidas sobre este assunto é parar de generalizar as coisas como transfer e começar a entender as coisas a partir do processo de transferência e os tipos de produtos.

Continue lendo este artigo porque você vai entender que cada produto possui especificamente uma técnica para aplicar a personalização e elas se dividem assim:

É o processo onde a tinta passa do estado sólido para o estado gasoso e  se funde ao objeto no processo de prensagem térmica.

Os produtos que você poderá personalizar com este processo devem ter a sua superfície preparada com resina de poliéster para receber a impressão, um produto qualquer que você colocar na prensa não vai estampar se ele não estiver preparado com a superfície resinada.

Entretanto existem algumas exceções, que são os casos de tecidos a base de poliéster, os polímeros plásticos de poliéster e alguns produtos injetados em pet que já são sublimáticos e não são resinados, o que não é o caso dos acrílicos, por exemplo.

Materiais que podem receber sublimação:

Tecidos e camisetas a base de poliéster ( Algodão não sublima ), Canecas de cerâmica, Canecas de Vidro, Canecas de alumínio, canecas de polímero, azulejos, placas de vidro, mouse pads, capas de celular, chaveiros, etc...

Enfim, existe uma vasta gama de produtos sublimáticos ( com a superfície tratada com resina, ou a base de poliéster ) e a cada dia novos produtos são desenvolvidos por que o mercado está em expansão.

Outro detalhe relevante para saber  quando você se perguntar:

Tal produto pode sublimar ou fazer nesta máquina?

É o fato que a sublimação necessita de um determinado tempo de exposição a pelo menos 180º Celsius, então pense se o produto em questão aguentaria esta exposição sem deformar ou queimar.

Equipamentos e insumos necessários para aplicação deste processo:

Prensa Tèrmica Cilindrica
Prensa Tèrmica Plana
Impressora Jato de Tinta
OBM
Papel Sublimático
Tinta Sublimática
As camisetas são um caso a parte e possuem formas diferentes de personalizar, se você quer saber mais sobre este assunto preparei um manual com as 3 técnicas mais utilizadas e você pode fazer o DOWNLOAD GRATUITAMENTE AQUI.

O processo que chamamos de transfer difere da sublimação pelo fato que a tinta não irá se fundir ao produto e sim será aplicada sobre a superfície, como se fosse um decalque.

Existe o processo de transfer para camisetas que você poderá ver em detalhes no manual disponibilizado para download acima e o processo com toner de impressora laser.

O processo que chamamos de “Transfer Laser” é indicado para materiais rígidos e é deste processo que falaremos agora.

O componente chave para o processo de Transfer Laser   é o toner ... Toner é essencialmente uma tinta, mas é singularmente diferente do tipo de tinta (ou pelo menos o processo de impressão) utilizada em uma impressora jato de tinta. 

O toner é feito de pó de carbono, óxido de ferro, e de açúcar, mas quando é impresso, é fundido a calor para a superfície de um papel com uma fina camada de poliéster (plástico). 

É por isso que uma impressão com toner feito em uma copiadora de xerox ou impressora laser está quente quando a impressão termina.

E quando utilizamos para esta impressão um papel especial para o processo de transfer, podemos ao aplicar pressão e calor, fazer com que este toner solte do papel e fixe sobre a superfície do produto.

Materiais que podem receber o processo de Transfer Laser:

Acrílicos em geral como réguas, copos long drink, canecas de chopp, materiais em plástico polipropileno tratados com promotor de aderência, polímeros, papel, madeira, etc...

Equipamentos e insumos necessários para aplicação deste processo:

Prensa Transfer Jr.
Prensa Transfer Plus.
Prensa Transfer Giro.
Papel Transfer Rigido
impressora-hp-laser-jet-pro-cp1025colorida
Impressora Laser

A maior confusão para as pessoas que nos procuram quando estão pesquisando é sobre os equipamentos, pensando que podem fazer tudo com o mesmo processo.

Pense de forma simples e divida as coisas em sua mente em dois processos distintos:

SUBLIMAÇÃO E TRANSFER

Sublimação precisa de uma um tipo de impressora, papel, tinta e se aplica  para determinados produtos.

Camisetas é um caso à parte porque pode ser personalizada de 3 formas diferentes e utiliza nos processos dois tipos de tinta, mais informações aqui.

Transfer precisa de outro tipo de impressora, papel, usa toner e se aplica a outros tipos de produtos.

Logo se você quer diversificar para todos os materiais, você precisará investir em prensas térmicas e impressoras diferentes.

A dica para quem está começando pequeno é estudar os mercados e escolher um segmento e a medida que você estiver aplicando corretamente o processo, seu negócio estiver funcionando e gerando lucros, então poderá partir para outros processos e novos investimentos.

Compartilhe este artigo

  • Alcair

    Excelente é uma ajuda e informação muito importante

    • Julio

      Obrigado pelo comentário alcair!

  • Estou pretendendo comprar uma maquina de tranfer só que estou com duvidas em relaçao a quant de produtos que ela faz segundo o anunciante faz canecas, copos, taças, reguas, squeeze, canetas só que não explica sobre como fazer oo transfer e se precisa de uma impressora. Vc por favor pode me responder

    • Julio

      Boa pergunta cássia!

      Se você está falando da transfer Giro 360, ela faz ilimitados tipos de produtos. Os mais tradicionais são os copos long drinks, canecas de chopp, taças, squeezes e canetas. Pelo processo ser rotativo, tem a possibilidade de personalizar qualquer brinde plano que aceite o transfer de impressão laser e que as dimensões caibam na área útil de impressão da máquina. O processo de aplicação é muito simples, basta posicionar a arte no produto, colocar no devido suporte da máquina, aplicar a pressão necessária com o rolo térmico e deixar o rolo percorrer a arte. Nós possuimos uma central do cliente onde você encontra informações detalhadas sobre o processo. É necessário uma impressora laser para imprimir as suas artes no papel transfer. A mais indicada é a CP1025 da HP. Espero ter tirado suas dúvidas. Abraço!

  • Uma vez trouxeram uma dessas folhas pra imprimir a laser (eu não trabalho com sublimação, mas a pessoa precisava dessa impressão) e a impressão ficou toda borrada, não grudou corretamente no papel. A minha é uma Brother HL4150, porque isto ocorreu? Ou, é necessário usar toners específicos para o processo?

    • Julio

      Oi Denis!
      Não é necessário usar nenhum toner especifico, é o toner normal da impressora. Quando borra ou não adere bem no papel transfer, a causa geralmente é a escolha errada do papel nas configurações de impressão. Para usar o papel transfer rigido que possui uma camada de poliester,tem que configurar com papel ” brilhante” e pesado entre 110 e 130 gramas. O peso pode variar conforme o modelo da impressora. E outro problema bem comum é o papel travar dentro da impressora, isso ocorre porque algumas impressoras possuem a caloria de difusão muito alta, derretendo a camada de poliester do papel na hora da impressão. Neste caso esta impressora não é indicada para papel transfer.

    • Julio César

      Oi Denis!
      Não é necessário usar nenhum toner especifico, é o toner normal da impressora. Quando borra ou não adere bem no papel transfer, a causa geralmente é a escolha errada do papel nas configurações de impressão.

      Para usar o papel transfer rigido que possui uma camada de poliester,tem que configurar com papel ” brilhante” e pesado entre 110 e 130 gramas.

      O peso pode variar conforme o modelo da impressora. E outro problema bem comum é o papel travar dentro da impressora, isso ocorre porque algumas impressoras possuem a caloria de difusão muito alta, derretendo a camada de poliester do papel na hora da impressão. Neste caso esta impressora não é indicada para papel transfer.

      • Olá Júlio. Na ocasião eu testei com essas outras configurações e mesmo assim não deu certo.

        Como você deve saber, cada tipo de pó de toner possui características específicas de fusão, bem como o fusor de cada impressora trabalha em uma faixa de temperatura específica. Pode ser que tivesse funcionado se eu estivesse usando cartuchos originais (cujo pó tem uma formulação diferente, claro) mas também pode ser que o fusor da minha impressora não trabalhe numa faixa que permita trabalhar corretamente com este tipo mais especializado de papel.

        Daí a conclusão de que este trabalho só pode ser realizado com toners específicos e impressoras específicas – recomendação esta geralmente dada pelo próprio fornecedor do papel.

  • Jéssica Machado

    Boa noite, quero iniciar meu ramo empreendendo na área da sublimação, porém não sei ao certo por onde começar. Gostaria de dicas que tipo de máquinas comprar de inicio, modelos e aonde encontrar. Agradeço desde de já atenção.

    • Julio

      Oi Jéssica! O ideal é você definir primeiro quais produtos deseja trabalhar e depois escolher os equipamentos. Eu sempre indico começar com os produtos carro chefe, porque assim, mesmo começando bem pequeno, você consegue girar rápido o investimento e ganhar dinheiro desde o inicio.

      Principalmente quando você está iniciando e não conhece ainda o mercado e os processos, não adianta se iludir muito com muitos equipamentos e kits mirabolantes porque você corre o risco de imobilizar seu dinheiro em produtos que não giram e equipamentos que não te darão retorno imediato e isso pode comprometer o inicio de um pequeno negócio.

      Se você não tem um capital disponível para imobilizar em equipamentos e mais o capital de giro para os produtos e despesas, você deve escolher um segmento e começar pequeno, vou dar um exemplo: Só com canecas personalizadas, você tem um negócio lucrativo. Precisa de uma prensa cilindrica, uma impressora jato de tinta, os papeis, a tinta sublimatica e as canecas. O custo médio de uma caneca pronta é no máximo 10 reais e você vende no minimo a 25 reais podendo chegar a 30 reais. Com 100 canecas vendidas no mês você arrecada um lucro bruto de 1.500,00 a 2.000,00.

      Excelente para começar como renda extra e transformar na principal fonte de renda.

    • Julio César

      Oi Jéssica! O ideal é você definir primeiro quais produtos deseja trabalhar e depois escolher os equipamentos. Eu sempre indico começar com os produtos carro chefe, porque assim, mesmo começando bem pequeno, você consegue girar rápido o investimento e ganhar dinheiro desde o inicio.

      Principalmente quando você está iniciando e não conhece ainda o mercado e os processos, não adianta se iludir muito com muitos equipamentos e kits mirabolantes porque você corre o risco de imobilizar seu dinheiro em produtos que não giram e equipamentos que não te darão retorno imediato e isso pode comprometer o inicio de um pequeno negócio.

      Se você não tem um capital disponível para imobilizar em equipamentos e mais o capital de giro para os produtos e despesas, você deve escolher um segmento e começar pequeno, vou dar um exemplo: Só com canecas personalizadas, você tem um negócio lucrativo. Precisa de uma prensa cilindrica, uma impressora jato de tinta, os papeis, a tinta sublimatica e as canecas. O custo médio de uma caneca pronta é no máximo 10 reais e você vende no minimo a 25 reais podendo chegar a 30 reais. Com 100 canecas vendidas no mês você arrecada um lucro bruto de 1.500,00 a 2.000,00.

      Excelente para começar como renda extra e transformar na principal fonte de renda.

  • Valdinez Rocha Santos

    Boa tarde! não tenho nenhuma experiencia nesse ramo, pelo que entendi seria mais vantajoso iniciar com transfer é menos trabalhoso? tenho dúvidas por onde começar